Você ainda quer ficar sem se vacinar?

Home/Sem categoria/Você ainda quer ficar sem se vacinar?

Você ainda quer ficar sem se vacinar?

A conscientização sobre a importância das vacinas ainda é baixa no Brasil, haja visto que quase nunca o Ministério da Saúde consegue atingir os índices esperados em campanhas.

Talvez por falta de conhecimento da população, mas, depois de amostras recentes percebemos que  o movimento antivacinas tem afetado as pessoas.

Fica aqui alguns bons motivos para que você não deixe de se vacinar e, além disso, procure saber das vacinas que estão fora do calendário geral, mas que são importantíssimas.

 

Erradicação de doenças

As vacinas são as responsáveis por erradicação de doenças no mundo, como por exemplo a varíola, que foi considerada uma das mais mortais.

 

Melhor Defesa – em alguns casos, a única

A vacina ainda é o mecanismo mais eficaz na defesa do organismo contra os agentes infecciosos da maioria das doenças, como gripe, pneumonia, meningite, rubéola, tétano, pólio, HPV, entre outros.

Na maior parte dos casos a vacina é a única forma de prevenção.

 

Efeitos adversos passam

Muito se fala nos efeitos adversos, principalmente em crianças. Sim, é possível que ocorra, mas o que se tem é uma febre, uma dorzinha local. Casos de reações graves são raríssimos.

 

Não seja responsável por um surto!

Sim, já foi comprovado que o acúmulo de pessoas não vacinadas aumentam as possíveis ocorrências de surtos de doenças.

 

 

É importante lembrar que enquanto responsável por uma criança você tem a obrigação de vaciná-la, uma vez que é um direito dela.

O calendário de vacinação vai do primeiro dia de vida até a velhice.

E aí, você ainda quer ficar sem vacinação ou deixar de vacinar quem você ama?